Os passageiros mais frequentes acreditam que sabem tudo sobre avião por estarem acostumados com a rotina de viajar. Passageiros de primeira viagem realmente encontram muitas novidades intrínsecas ao transporte aéreo. No entanto, somente técnicos, pilotos e comissários sabem o que realmente ocorre nos bastidores. Vamos listar aqui algumas curiosidades divertidas e alguns fatos que vão desmistificar algumas crenças que você pode ter sobre as viagens de avião, além de saber como evitar algumas situações inconvenientes.

Desliguem os celulares! – os comissários e comandantes são categóricos com essa exigência e no momento do pouso e da decolagem, exigem que todos os passageiros desliguem celulares, tablets, notebooks e qualquer outro aparelho eletrônico que possa interferir no sistema aviônico. Especialistas afirmam que as ondas de rádio emitidas pelos aparelhos dos passageiros podem interferir na comunicação da aeronave e dar origem a  acidentes. No entanto, não é raro que você ouça o som dos aparelhos ligados durante todo o voo. Teorias da conspiração afirmam que não há nenhuma relação grave entre os aparelhos eletrônicos dos passageiros e o equipamento de comunicação da aeronave e que isso se deve a uma tentativa falha que houve por parte de companhias aéreas para cobrar preços abusivos por ligações feitas de dentro da aeronave. Na dúvida, é melhor desligar. No entanto, se você ouvir um aparelho ligado durante o voo, não há motivo para ficar alarmado.

Decolagem e aterrissagem – os momentos mais decisivos do voo são a aterrissagem e a decolagem, e se tudo vai bem nesses dois momentos você pode relaxar, mesmo quando há a ocorrência de turbulências. Acidentes ocorridos durante o voo propriamente dito foram, em praticamente todos os casos, obras de um inevitável acaso. Todas as companhias aéreas possuem um departamento de investigação capaz de analisar as causas e consequências de cada acidente aéreo.

Transporte aéreo é o mais seguro do mundo – essa eu nem precisava mencionar; mas, para aqueles que não acreditam ou sofrem de algum tipo de fobia é válido saber que correm menos riscos voando do que em qualquer outro tipo de transporte, pelo menos no Brasil, já que somos o quarto país do mundo com maior índice de mortes nas rodovias todos os anos. Portanto, ligue uma música, leia uma revista, relaxe e procure se distrair quando estiver voando.

Labirintite – você sabe por que algumas pessoas passam mal durante os voos com tontura, mal estar e enjoo? Se você não sofre deste mal, sinta-se privilegiado e saiba que para muitas pessoas viajar de avião é um verdadeiro martírio. Isso acontece porque os sensores naturais destas pessoas (visão e audição, por exemplo) não conseguem se localizar direito dentro da aeronave, deixando o cérebro confuso sobre a sua localização no espaço. Portanto, a recomendação é relaxar e buscar situar-se da maneira mais confortável dentro da aeronave. Procure ficar relaxado, em silêncio e concentrando-se de forma racional no que está acontecendo com o avião (decolando, estabilizando, fazendo uma curva, aterrissando). A boa notícia é que estes sintomas passam, na maioria dos casos, com o hábito. Ninguém merece viajar sofrendo tanto!

Leve sua própria água – pilotos afirmam que jamais tomam o café do avião e isso não se deve somente ao fato de o sabor ser desagradável. Na verdade, a água do avião não é muito adequada para a ingestão, especialmente quando falamos das torneiras dos banheiros. A água é tratada com muita química e microorganismos podem se tornar resistentes a esses produtos e continuar presentes nos canos e na água. Assim, sempre que possível, leve a sua própria água e busque se hidratar somente com ela.