Estar só nem sempre significa estar triste e, em diversas situações de nossas vidas, uma viagem solitária pode ser a melhor opção. Engana-se quem pensa que uma viagem só pode ser interessante com uma boa companhia. Na verdade, essa boa companhia pode, muitas vezes, ser nós mesmos! Descobrir novas experiências, conhecer novos lugares, novas pessoas e poder agir por impulso à vontade pode nos permitir fazer descobertas incríveis sobre nós mesmos.

Solidão pode ser sinônimo de paz e tranquilidade e o Brasil oferece opções de destinos de sobra para quem deseja se embrenhar por essa maravilhosa aventura. É importante lembrar, no entanto, que viajar sozinho exige atenção redobrada. É preciso pesquisar a respeito do destino e saber, pelo menos, o que deve ser evitado e o que não pode deixar de ser aproveitado. Afinal, cada destino possui suas peculiaridades e é fundamental ter uma noção do que nos espera antes de embarcar. Pensando nisso, separamos 5 destinos sensacionais para  viajar sozinho pelo Brasil. Acompanhe!

 

Jericoacoara – Ceará

 

Jeri, para os íntimos, é um destino maravilhoso para ser visitado, mesmo sem uma boa companhia. Certamente, a última coisa que o turista ficará é entediado. Praias maravilhosas de águas mornas e transparentes para fazer mergulhos, dunas de tirar o fôlego e esportes radicais como kite surf e wind surf são algumas das atrações que podemos apontar. Além disso, é uma cidade pacata e por isso bastante segura. Mesmo assim, ainda oferece festas para quem não consegue ficar longe do agito. Jericoacoara sem dúvida é um destino que está de portas abertas para qualquer tipo de viagem: em família, com amigos, para casais e para pessoas que viajam sozinhas.

 

Ouro Preto – Minas Gerais

 

Ouro Preto é uma cidade que nos permite viajar no tempo e esquecer boa parte da rotina, especialmente quando o turista mora em uma grande cidade. É incrível a sensação de estar em um lugar quase que totalmente voltado para a história. As ladeiras, as ruas de pedra e a arquitetura são de deixar qualquer um suspirando. Além disso, nos arredores da cidade há cachoeiras que podem ser visitadas. Por ser uma cidade universitária, Ouro Preto conta com festas praticamente durante toda a semana. Cultura, agito e muita simpatia em um dos lugares mais bonitos do Brasil.

 

Pirenópolis – Goiás

 

Para quem mora longe, basta pegar um avião para Goiânia e de lá seguir para “Piri”, que fica cerca de 120 km da capital goiana. Pirenópolis é uma cidade absolutamente incrível e certamente fará a alegria de um viajante solitário, especialmente se gosta de cachoeiras, turismo histórico, trilhas, esportes radicais, cervejas artesanais e alta gastronomia. Há inúmeras opções de hostels com área de lazer de dar inveja em muitos hotéis por aí, que além de tudo permitem uma ótima interação entre os hóspedes, ideal para quem está sozinho e deseja conhecer pessoas novas. A recomendação da Central Milhas é que o turista que vai em Pirenópolis não deve deixar de conhecer a Cachoeira dos Dragões.

 

Arraial do Cabo – RJ

 

Arraial do Cabo é um destino que entrou em alta recentemente. Localizado na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, possui 8 praias estonteantes, como é o exemplo das Prainhas do Pontal do Atalaia, sempre constando entre as mais belas do Brasil por diversas revistas e sites especializados em turismo. Arraial do Cabo é uma cidade que dispensa automóveis: você pode andar apenas a pé. Há passeios de barco todos os dias, trilhas, visita a ilhas e o turista ainda pode pegar um ônibus circular ou um táxi e dar um pulo em Cabo Frio. É uma cidade que desperta a simpatia, permite que se tenha momentos de profunda reflexão e contemplação da natureza.

Bonito – Mato Grosso do Sul

Bonito é um destino para amantes da natureza e pessoas que procuram fugir do agito. Também é ideal para amantes do ecoturismo, pois não faltam trilhas, mergulhos e esportes como o rapel, por exemplo. O forte da cidade são as lagoas e rios de águas cristalinas, bem como praias de água doce. Bonito é um dos destinos mais procurados do país para quem realmente deseja entrar em contato com a natureza. Porém, devido ao difícil acesso, é importante planejar com antecedência para não perder a hospedagem, que pode ser feita até mesmo em casas na árvore. Sensacional!