O ano de 2017 aparentemente se apresenta favorável para viajar. O consumidor tem conseguido estabilizar as finanças e, tão logo o dinheiro começa a sobrar, pensar na próxima viagem se mostra como prioridade número um. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo em sete capitais brasileiras, 25% das pessoas pretendem sair de férias nos próximos seis meses e o destino favorito de mais da metade dos entrevistados é o nordeste.

De acordo com a pesquisa, quase 80% dos entrevistados pretendem viajar dentro do país e 57,5% pretende utilizar o avião como meio de transporte. Afinal, ninguém deseja perder tempo viajando de ônibus ou mesmo se cansar dirigindo por muitas horas. Cada dia das férias é muito esperado e vale a pena investir um pouco mais para voar. O aumento das intenções de turismo subiu com relação ao ano passado, o que indica uma melhora evidente nesta retomada da economia.

Mesmo assim, promoções e descontos são muito procurados na hora de viajar e o brasileiro realmente busca as melhores alternativas para economizar no transporte e na estadia, de modo que sobre dinheiro para investir na própria viagem. Por essa razão, os clubes de fidelidade das companhias aéreas são procurados para que os bilhetes sejam pagos com dinheiro e também com pontos. Ao se tornar membro de algum programa, o cliente descobre uma infinidade de promoções, parcerias e opções exclusivas para acumular mais, de modo que a viagem saia por valores e condições de pagamento ainda mais atraentes.

Compra e venda de milhas

As próprias companhias aéreas permitem o intercâmbio de milhas e pontos acumulados de membro para membro, de companhia para companhia e também de parceiros. No entanto, a cotação acaba por não ser precisamente atraente para o passageiro que deseja economizar. Porém, fora das companhias aéreas também há diversas oportunidades de se aproveitar os pontos, trocando por dinheiro através da venda de milhas.

Um dos contras dos programas de fidelidade é que as milhas possuem data de validade e podem expirar. A Gol, por exemplo, busca suprir esta condição através do Clube Smiles, no qual os membros devem pagar por uma mensalidade para que suas milhas aéreas tenham validade de 10 anos. Porém, não é interessante para passageiros que não são tão frequentes.

Desse modo, o cliente que deseja vender suas milhas a um preço interessante deve contar com a Central Milhas. Acessando o site da empresa é possível conferir depoimentos de clientes satisfeitos e frequentes, que se tornam parceiros. Para vender, basta solicitar a sua cotação e aguardar o passo a passo via e-mail, que será enviado imediatamente. Depois disso, é preciso fornecer os dados bancários para que o valor dos pontos vendidos seja depositado. Quando o dinheiro estiver na sua conta, você poderá passar a sua senha e as informações da conta, para que a Central Milhas faça a transação.

Você também pode contar com o auxílio de Clubes de Viagem, como por exemplo o SBTUR. A parceria entre SBTUR e SMILES começou no ano de 2015 e tem feito muitos clientes satisfeitos. A SBTUR sempre apostou na flexibilidade como um dos pontos para se diferenciar da concorrência e servir como uma nova forma de viajar para um número cada vez maior de pessoas. Portanto, é natural que o cliente SBTUR possa utilizar seu Plano de Viagens de diversas formas. A qualquer momento, você pode entrar em contato com a central de atendimento ou fazer login no portal do cliente para converter os seus créditos SBTUR em Milhas Smiles. Além disso, se você já tiver acumulado Pontos SBTUR indicando amigos no Programa Indicação Premiada SBTUR, você também pode converter os pontos em milhas. Além disso, agora todos os clientes Smiles podem converter suas milhas em Pontos SBTUR! Para converter é muito fácil, acesse o Shopping Smiles na categoria Programas Parceiros e siga as etapas.

Fácil, simples e seguro. Viaje quando quiser e desfrute do que proporcionam as suas milhas, mesmo quando não for viajar!