Os programas de milhas são uma forma que as empresas aéreas encontraram de fidelizar os clientes. Através das milhas, é possível obter descontos nas passagens e, em alguns casos, nem pagar por elas com dinheiro. Tudo o que precisa ser feito é criar uma conta na companhia de sua preferência, ler os termos e condições de uso e começar a acumular tanto no cartão de crédito quanto voando.

Muitas pessoas acreditam que os programas de milhas não são de muita ajuda, já que só quem viaja bastante consegue acumular um grande número de milhas. Isso pode ser, em parte, verdade. Embora as empresas também permitam o acúmulo via cartão de crédito, em algumas delas os pontos do cartão não valem tanto quanto os pontos adquiridos por voos, de modo que quem viaja acaba levando maior vantagem. Em todo caso, também há opções que buscam flexibilizar o acúmulo, como a transferência de milhas e a emissão de bilhetes em nome de outras pessoas, a depender da categoria que você se encontra e do programa ao qual você pertence. Isso é perfeitamente possível.

Embora haja muita reclamação neste sentido, é preciso ser racional: você está usando as melhores estratégias para acumular? Os programas de milhas possuem vantagens e desvantagens e entre estas podemos citar a inviabilidade de viajar com outras empresas. Aliás, você até pode optar por comprar um bilhete promocional ou simplesmente desejar viajar com outra empresa, mas isso não é conveniente para a sua conta. Variando demais as empresas com as quais você viaja, o que acaba acontecendo é que você perde os benefícios que o programa lhe oferece e não acumula o suficiente para economizar tanto quanto gostaria. Escolha a empresa que melhor te atende (no máximo duas é o  mais recomendável) e fique focado em acumular através dela.

Além disso, é interessante lembrar do cartão de crédito. Se você usa o seu cartão vai acumular pontos, mas ele precisa estar vinculado à sua conta no programa de milhas da empresa que escolheu. Afinal, não adianta nada você consumir bastante se não pode reverter este consumo em benefícios extras. Portanto, fale com o seu gerente e verifique se o programa aceita o seu cartão ou se é parceiro do seu banco. Você pode também aproveitar bônus de transferência ao transferir uma quantidade mínima de pontos para o programa. Este bônus pode atingir até 100% e é uma ótima oportunidade.

Analise todas as condições do seu programa. Nem sempre vale a pena seguir tudo o que a companhia recomenda.
Fazer o cartão de crédito da companhia aérea pode não valer a pena. Tudo depende do seu caso e do quanto viaja. É interessante saber que os pontos adquiridos desta forma possuem validade mais curta. Você deve aproveitar o que se encaixa melhor com a sua rotina de viagens. Sempre que puder se hospedar ou frequentar um parceiro da companhia, faça! Ainda que o custo seja ligeiramente maior do que a concorrência, o benefício revertido a você pode superar esta diferença. Aproveite também para comprar e transferir pontos para outros usuários,  já que as milhas possuem validade. Afinal, você não vai querer deixar suas milhas expirarem. Por isso, fique de olho nas normas, notícias e converta todos os seus gastos para que retornem em forma de benefícios. Um deles pode ser viajar de graça, com toda a sua família.