O planejamento de uma viagem se torna bem mais fácil com o uso dos smartphones, que ajudam a procurar passagens mais baratas, voos sem escala e HOTÉIS com todas as amenidades necessárias. Cada vez mais utilizados, principalmente pelos brasileiros, esses dispositivos móveis, segundo dados da Anatel, representam hoje 280 milhões de aparelhos nas mãos da população.
Com 43% dos planejamentos de viagem sendo feitos por meio de plataformas tecnológicas, 18% são pelo sistema iOS, 12% pelos Androids, 6% por navegadores do celular, 4% por iPads e 3% por navegadores do tablet. Em contra partida, 57% das pessoas ainda preferem organizar detalhes do destino das férias fazendo uso de computadores.

O site Kayak realizou um estudo que constatou que os celulares são mais utilizados na busca por viagens nacionais, classificadas como o dia a dia e pontes aéreas. Os computadores, no entanto, são os preferidos entre os itinerantes na hora de planejar uma viagem internacional, quando se tem mais tempo e calma. Entre os 10 destinos mais procurados em desktops estão Miami, Saint Martin, Aruba e Punta Cana. A pesquisa confirmou ainda que os consumidores dão preferência a preços mais baratos ao invés do conforto. Mais de 90% dos usuários que utilizam as mais diversas plataformas optam por voos na classe econômica.

Quando se trata da busca por hotéis, no entanto, a maioria dos brasileiros dá preferência pelos que possuem três estrelas, enquanto menos de uma entre 10 pessoas vai em busca de hospedagens de uma única estrela. Entre os usuários de iPhone, 13% dão preferência às categorias de luxo, indo atrás de hotéis cinco estrelas. Os proprietários do sistema Android, por sua vez, representam 21% dos que mais buscam pelas categorias de uma e 2 estrelas ou até a “sem estrelas”, como POUSADAS e aluguéis de temporada.

Comparando usuários de iPhone com usuários de Android, a pesquisa concluiu que o gasto médio é maior pelos Apple maníacos, que gastam cerca de R$ 1.532 para destinos populares, enquanto quem tem Android utiliza em média R$ 996 na viagem. Com relação ao destino favorito, os usuários de iPhone optam por Miami e os de Android adoram o nordeste do Brasil.

Na maior parte dos casos, os brasileiros costumam fazer a reserva de uma viagem com um mês e 15 dias de antecedência. Os usuários de Android são os que mais se planejam, com uma média de 46 dias, enquanto as reservas feitas por desktop costumam ser feitas um mês antes da data prevista para viajar. As passagens aéreas, porém, são vistas com 60 dias de antecedência, independente da plataforma utilizada. Isso mostra que os brasileiros realmente gostam de deixar tudo para em cima da hora, visto que os europeus, geralmente, compram seus bilhetes com quatro meses de folga.

Fonte: http://www.pureviagem.com.br/noticia/smartphones-sao-cada-vez-mais-usados-nos-planejamentos-de-viagem_a10765/1